"Há dias que dá vontade de fazer nada. Há dias que nem os sonhos parecem fazer sentido. Sufocada nesse labirinto chamado Terra, um corpo já sem alma vaga n amultidão... Quem lhe dera inaugurar o beijo da despedida, pois há dias em que o mundo inteiro canta e ele apenas consegue chorar."

By Talissa

31/01/2010

Algumas palavras sobre o homem...

O homem não nasce e também nunca morre. Tendo vido para existir, jamais deixará de fazê-lo porque é eterno e permanente.
Assim como um homem descarta as roupas usadas e passa usar roupas novas, a alma descarta o corpo velho e assume o corpo novo.
Mas ela é indestrutível; espadas não podem cortá-la, o fogo não a queima, a água não a molha, o vento jamais a resseca. Ela está além do poder de todas estas coisas.
Como o homem é indestrutível, ele é sempre vitorioso (mesmo em suas derrotas), e por isso não deve lamentar-se jamais.


Bagavad-Gita (capítulo II, 16-26)

Nenhum comentário:

"Nada nos deixa tão solitários quanto nossos segredos."

(Paul Tournier)